Em alta no Brasil, a literatura de divulgação científica é o assunto de capa do Cândido 123​
29/10/2021 - 15:53

Em tempos de pós-verdade e negacionismo, as publicações que explicam conceitos científicos de forma acessível têm encontrado espaço para crescer no Brasil. É o que explica o repórter Murilo Basso na matéria de capa da edição 123 do jornal Cândido, editado pela Biblioteca Pública do Paraná. Basso conversou com autores e pesquisadores para entender essa tendência e os fundamentos da literatura de divulgação científica, representada no país por nomes como Carlos Orsi, Natalia Pasternak e Reinaldo José Lopes, entre outros.

"Com o isolamento social, retomamos o prazer pela leitura e a busca por fontes de informação mais seguras. Apesar de ser um trabalho de ‘formiguinha’, percebemos um aumento tanto na procura do público, para a aquisição de livros, quanto de autores querendo publicar”, diz Michele Oliveira, coordenadora da editora acadêmica da PUCPR e uma das entrevistadas da reportagem — que ainda traz um guia de leitura para quem pretende se iniciar no gênero. A relação inclui autores nacionais e best-sellers mundiais como Carl Sagan, Yuval Harari, Neil deGrasse Tyson, Charle Darwin e Stephen Hawking.

Outros destaques do Cândido de outubro: entrevistas com Andréa del Fuego e Ademir Assumpção (concedidas a Hiago Rizzi e Luiz Felipe Leprevost), poemas de Luiza Mussnich e Pedro Rocha, conto de Rafaela Tavares Kawasaki e HQ de Denny Chang (inspirada em Daniel Galera).

Leia no site www.candido.bpp.pr.gov.br ou faça o download gratuito do arquivo com o novo projeto gráfico aqui.

Últimas Notícias