Biblioteca Pública promove sexta edição de sua festa literária com mais de 30 eventos
31/10/2022 - 13:57

A Biblioteca Pública do Paraná promove entre os dias 7 e 12 de novembro a sexta edição de sua festa literária anual, a Flibi. A programação conta com mais de 40 convidados e 30 atrações — entre palestras, debates, oficinas, exposições, sessões de filmes, atividades para crianças e apresentações de música e teatro. A novidade deste ano é a realização do primeiro Encontro de Editoras, uma feira de livros independentes que reúne dez expositores no hall térreo da Biblioteca durante os dias 11 e 12. A entrada é gratuita em todos os eventos e a BPP emite certificados de participação.

Criada em 2017 para sintetizar, durante uma semana, a programação cultural ampla e diversificada oferecida pela Biblioteca Pública ao longo do ano, a Flibi propõe nesta edição uma reflexão sobre o tema “Ficções e Reconstruções”. Cristovão Tezza, Luci Collin, João Silvério Trevisan, Tatiana Salem Levy, Rodrigo Garcia Lopes, Morgana Kretzmann e Bruno Maron são alguns dos convidados da festa, que tem curadoria do escritor e jornalista Yuri Al’Hanati.

“A Biblioteca Pública do Paraná não poderia estar mais feliz, pois será a maior edição da nossa Festa Literária. Os convidados virão de diferentes regiões do Brasil, o que abrirá espaço para encontros e trocas de uma grande diversidade de vozes, que terão a oportunidade de conhecer e dialogar com nomes importantes da cena literária do nosso estado. Entre eles, vale destacar a presença do Cristovão Tezza, que neste ano comemora 70 anos de idade”, diz o diretor da BPP, Luiz Felipe Leprevost. “Com a intenção de aumentar esse coro de vozes na Flibi, a Biblioteca receberá, pela primeira vez, um encontro de editoras independentes, que muito têm feito pela divulgação de autoras e autores do Paraná e de fora do nosso estado”, completa.

Veja a agenda completa:

 

FICÇÕES E RECONSTRUÇÕES

 

Dia 7, segunda-feira

 

17h30

Conferência de abertura: A identidade dos povos indígenas no Brasil do século XXI

O escritor roraimense Cristino Wapichana fala sobre o reconhecimento dos indígenas como parte integrante da sociedade brasileira e como alinhar tradição e contemporaneidade no mundo atual

Hall térreo

 

19h30

Mesa: O Brasil da desesperança

Sonhos despedaçados pela realidade brasileira são o assunto dos romancistas Lucas Lazzaretti e Tatiana Salem Levy, que discutem como a literatura e a filosofia pensam o abismo intelectual do país. Mediação de Christian Schwartz

Auditório

 

Dia 8, terça-feira

 

17h30

Mesa: Família e memória

Vanessa Vascouto e Carlos Eduardo Pereira, vozes distintas na produção contemporânea, exploram as fronteiras entre criação e memória em seus enredos familiares de traumas e partidas. Mediação de Rodrigo Casarin

Hall térreo

 

19h30

Mesa: Livros e séries

Produções televisivas e cinematográficas que estão investindo cada vez mais em roteiros de qualidade apostam nos premiados escritores Jim Anotsu e Morgana Kretzmann, que debatem os pontos de contato e divergência entre a literatura e o cinema. Mediação de Ana Johann

Auditório

 

Dia 9, quarta-feira

 

17h30

Mesa: Abaixo Dostoiévski

O "cancelamento" de autores russos como parte dos protestos contra a guerra na Ucrânia é parte recorrente da história da recepção dessa literatura no exterior. Os tradutores Irineu Franco Perpétuo e Letícia Mei explicam como os russos enxergam o fenômeno e como escritores são mesclados na história política do país. Mediação de Yuri Al’Hanati

Hall térreo

 

19h30

Mesa: Ficções e construções

A celebrada autora Luci Collin discute, a partir de seu romance Nossa Senhora D'Aqui, como a linguagem literária ajuda a moldar nosso entendimento sobre noções como nação e identidade, abstratas se vistas de perto, e como elas norteiam a escrita contemporânea. Mediação de Daniélle Carazzai

Auditório

 

Dia 10, quinta-feira

 

17h30

Mesa: Costumes castigados

A crítica bem-humorada à classe média coloca em evidência comportamentos hipócritas e retrógrados sob a pena do cartunista Bruno Maron, que discute como o humor desvela a comédia da vida privada. Mediação de Benett

Hall térreo

 

19h30

Mesa: Devassos no Paraíso

João Silvério Trevisan, veterano da literatura LGBTQIAP+, fala sobre sua obra e os desafios que enfrentou ao longo de 45 anos de carreira como escritor e ativista dos direitos humanos. Mediação de Juliana Barbosa

Auditório

 

Dia 11, sexta-feira

 

17h30

Mesa: Dramaturgia hoje

Duas gerações de dramaturgos — Lígia Souza e Marcio Abreu — debatem os pontos de contato entre a linguagem teatral e a linguagem literária, e como o teatro se coloca como potência pensante das contradições humanas em meio a outras produções artísticas. Mediação de Luciana Romagnolli

Auditório

 

19h30

Mesa: A nova era de ouro do rádio

O jornalista Ivan Mizanzuk, autor do podcast Projeto Humanos, apresenta novas possibilidades de jornalismo literário e narrativas em áudio em podcasts de storytelling. Mediação de Flávia Schiochet

Auditório

 

Dia 12, sábado

 

10h

Mesa de encerramento: Tezza 70

O premiado escritor Cristovão Tezza, que completou 70 anos em 2022, passa sua obra em revista e fala sobre sua trajetória e projetos futuros. Mediação de Sandro Moser

Auditório

 

OFICINAS

 

Criação poética

Por meio de uma série de atividades, o poeta londrinense Rodrigo Garcia Lopes oferece aos alunos experiências com a linguagem, tornando-os conscientes das palavras enquanto um meio poderoso de expressão e forma de conhecimento do mundo

Dias 7 e 8, das 14h às 15h30

Coworking

Inscrições gratuitas pelo e-mail imprensa@bpp.pr.gov.br

20 vagas

 

Humor gráfico

Criador da série Dinâmica de Bruto, popular nas redes sociais, Bruno Maron apresenta um painel histórico e propõe uma genealogia que combina duas correntes distintas: a história do riso e a história do desenho

Dias 9 e 10, das 10h às 11h30

Coworking

Inscrições gratuitas pelo e-mail imprensa@bpp.pr.gov.br

20 vagas

 

Poesia e performance

O poeta Pedro Rocha e a atriz e cantora Amora Pêra propõem uma série de experimentações acerca de criação artística e da expansão da poesia escrita em poesia falada e sonora — com inspiração nas obras de artistas como Yoko Ono, Patti Smith, Marcel Duchamp e Guilherme Zarvos, entre outros

Dias 11 e 12, das 10h às 11h30

Coworking

Inscrições gratuitas pelo e-mail imprensa@bpp.pr.gov.br

20 vagas

 

ENCONTRO DE EDITORAS

Venda de livros e debates sobre o meio editorial brasileiro com representantes de dez editoras independentes paranaenses

Dia 11, das 8h30 às 20h

Dia 12, das 8h30 às 13h

Hall térreo

 

WORKSHOP DE INTRODUÇÃO À AUDIODESCRIÇÃO

A especialista Raquel Carissimi apresenta informações gerais sobre a tradução audiovisual e recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual

Dia 8, das 10h às 12h

Auditório

Inscrições gratuitas pelo e-mail imprensa@bpp.pr.gov.br

30 vagas

 

CANTATECA

Apresentação do coral infantojuvenil da Biblioteca Pública do Paraná encerrando a 6ª Flibi

Dia 12, às 11h30

Hall térreo

 

MARCAS LITERÁRIAS

Exposição com registros de grandes autores paranaenses que passaram pela Biblioteca Pública em seus 165 anos de história

De 7 a 11, das 8h30 às 20h

Dia 12, das 8h30 às 13h

Hall do segundo andar

 

PARA CRIANÇAS

 

Café com Elis

Apresentação da palhaça da Cia. Maria Elis

Dia 8, às 10h

Seção Infantil

 

Aventuras Literárias com Denis Winston Brum

Bate-papo com o autor do livro As Quatro Linhas

Dia 9, às 14h

Seção Infantil

 

Hora do Conto

Sessões diárias de contação de histórias com o grupo Era Uma Vez

De 7 a 12, às 11h e 15h

* nos dias 9 e 12, somente às 11h

Seção Infantil

 

Cine Pipoquinha com audiodescrição

Exibição de curtas-metragens com recurso de acessibilidade para pessoas com deficiência visual

De 7 a 12, às 10h e 14h

* nos dias 9 e 12, somente às 10h