Poema | Jovino Machado

antena

meu pai era galdino
livre
foi queimado

meu avô era zumbi
guerreiro
foi castrado

meu bisavô era bardo
pessoa
foi ignorado
eu sou sambista

entre outros.

____________________________________




amo o que me ameaça
e depois da trapaça
só o poema traça
o início e o fim da desgraça



____________________________________


não
quero
saber
de
salvador
dali
eu
quero
é
me
salvar
daqui



Jovino Machado
nasceu em Formiga (MG), foi criado em Montes Claros e vive em Belo Horizonte. É autor dos livros Fratura exposta (2005) e Cantigas de amor & maldizer (2013), entre outros.

Ilustração: Deivid Almeida