Curtas da BPP

Autores recebem Prêmio Paraná de Literatura

Os autores Alexandre Vidal Porto, Lila Maia e José Roberto Torero receberam, no dia 11 de dezembro, no auditório Paul Garfunkel, na Biblioteca Pública do Paraná, o Prêmio Paraná de Literatura. A cerimônia contou com as presenças do secretário de estado da Cultura, Paulino Viapiana, do diretor da Biblioteca Pública do Paraná, Rogério Pereira, e da diretora-geral da Secretaria de Estado da Cultura, Valéria Marques Teixeira. Durante a solenidade, foram apresentadas as obras vencedoras do Prêmio Paraná de Literatura 2012: Sérgio Y. vai à América, de Alexandre Vidal Porto; As maçãs de antes, de Lila Maia e Papis et circenses, de José Roberto Torero.


















Alexandre Vidal Porto, vencedor na categoria romance, Caetano

Galindo, jurado do Prêmio Paraná, Rogério Pereira, diretor da BPP,
Maria Rita, esposa de José Roberto Torero, vencedor da categoria
Contos, e Lila Maia, vencedora na categoria de Poesia.


Cada título tem tiragem de 1 mil exemplares, cada autor vencedor recebeu 100 exemplo — a BPP vai distribuir os livros para as bibliotecas do Paraná e de outros Estados. O secretário Paulino Viapiana lembrou que o Prêmio Paraná é mais uma ação que visa dar acesso à cultura ao cidadão. “O Prêmio, além de colocar o Paraná no centro das discussões culturais, dá início à Biblioteca Paraná, uma iniciativa que com certeza vai movimentar a cena literária”, disse Viapiana. Já o diretor da BPP, Rogério Pereira, chamou atenção para o fato de que o Prêmio Paraná de Literatura 2012 surge em um momento de valorização e discussão do livro e leitura no país. “A leitura está sendo discutida como nunca no país. Isso é muito bom. O Prêmio integra esse contexto”, afirmou Pereira. O diretor lembrou ainda que, no passado, o Paraná promoveu o Concurso Nacional de Contos, que teve grande repercussão e que valorizou o talento de grandes nomes, como Dalton Trevisan, Clarice Lispector, João Antônio e Luiz Vilela. “Queremos recuperar a importância desse Prêmio, que já foi uma referência nacional”, completou Pereira.



A literatura desce a serra

Até 17 de fevereiro os veranistas do litoral paranaense terão mais uma opção de lazer e cultura. A Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) montou, em cinco balneários do Paraná, o projeto Bibliopraia, uma estrutura que permite o empréstimo de livros e revistas de forma simples e sem burocracia. O projeto faz parte da Operação Verão do Governo do Estado e foi lançado pelo governador Beto Richa e pelo secretário da Cultura, Paulino Viapiana. Cada Bibliopraia conta com um acervo de 1,2 mil títulos, de todos os gêneros literários, selecionados pela equipe da Biblioteca Pública do Paraná (BPP). O empréstimo do livro é feito de forma simples, basta o leitor fornecer nome e telefone. A devolução pode ser feita em qualquer um dos Bibliopraias ou na BPP após o verão. O horário de atendimento é das 10h às 21h. As Bibliopraias de Caiobá (Praia Brava), Guaratuba e Pontal do Paraná/Ipanema já estão em funcionamento. As de Caiobá (Praia Mansa) e Paranaguá estarão disponíveis a partir de 15 de janeiro. Os módulos, construídos especialmente para o projeto, funcionam até 17 de fevereiro e irão circular por outros municípios paranaenses entre março e outubro.