Reinaugurada a Seção Infantil da Biblioteca Pública

Em cerimônia realizada na manhã da terça-feira 23 de outubro, na abertura da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, o espaço destinado aos públicos infantil e infantojuvenil foi apresentado totalmente revitalizado a 200 pessoas, incluindo alunos das redes de ensino público e privada, autoridades, funcionários da BPP e público em geral

Da Redação


Com a presença de 200 pessoas, foi inaugurada, no dia 23 de outubro, a Seção Infantil da Biblioteca Pública do Paraná (BPP). “A reforma da Infantil faz parte de um projeto de revitalização completa do prédio”, afirmou, durante a solenidade, o diretor da BPP, Rogério Pereira. A Seção recebeu pintura, plotagem de desenhos nas paredes, novo mobiliário, tapete e palco para o espaço da Hora do Conto, onde diariamente são realizadas contações de histórias, além de repaginação do telecentro infantil.

A reforma foi realizada com apoio do Grupo Dom Bosco. “Estamos sempre dispostos a contribuir com a comunidade, em especial, no que diz respeito à cultura. Ao investirmos na reforma da Seção Infantil, sonhamos tirar crianças das ruas e levá-las para dentro da BPP”, afirmou o diretor-geral do grupo, Durval Antunes Filho. Vinte e nove alunos de primeira à quinta série do Dom Bosco participaram da cerimônia, além de outros 27 alunos da quarta série da Escola Municipal Paranavaí, de Curitiba. A diretora-geral da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná (Seec), Valéria Marques Teixeira, representou o secretário da Cultura do Paraná, Paulino Viapiana, na solenidade. O evento marcou a abertura da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, que contou com uma programação de palestras, bate-papos e oficinas.

Ponte para a leitura

A Seção foi criada em 19 de dezembro de 1954, inicialmente denominada Divisão Infantojuvenil e Educação. Em 1972, passou a ser chamada Infantil, atualmente vinculada à Divisão de Coleções Especiais (DCE). Com acervo de 27 mil volumes, o que representa 8,5 mil títulos, o espaço recebe diariamente, de segunda à sábado, 60 crianças no período da manhã e outras 60 à tarde. Há visitas agendadas de escolas das redes de ensino público e privado, incluindo visitação espontânea.

Além do atendimento e da realização de oficinas e outras atividades, a Seção Infantil também está à frente de três projetos mensais: Aventuras Teatrais, Aventuras Literárias e Aventuras Musicais. “São atividades que, seja por meio da música ou do teatro, têm a finalidade de despertar no público o interesse pelo livro e pela leitura”, afirma a chefe da Divisão de Coleções Especiais (DCE), Lidiamara Gross.

Efeito dos livros

Desde 2009, Vitor Stolf Packer frequenta — sobretudo nas manhãs dos sábados — a Seção Infantil da BPP. Ele joga xadrez, acompanha contação de histórias, lê e empresta livros. A mãe dele, a pedagoga Déborah Packer, conta que Vitor tem rendimento escolar acima da média no Colégio Nossa Senhora da Assunção, no bairro Guabirotuba, na capital paranaense. “Quero ser cientista”, diz Vitor, a respeito do futuro que, para ele, está necessariamente relacionado ao hábito de ler.