Biblioteca afetiva

Rubem Fonseca é um autor humanista e ao mesmo tempo cáustico. Sua linguagem seca é moderna porque transgride e revoluciona. Quando li Bufo & Spallanzani, que muito tempo depois adaptei para o cinema com a parceria do próprio Rubem, me senti representado na literatura brasileira. Estava lendo um romance extremamente moderno e universal, mas impregnado de Brasil. E, como pessoa, Rubem é afetivo e absolutamente generoso.


Flávio Tambellini  é cineasta, produtor e roteirista.



Conheci o livro Ela e outras mulheres do Rubem Fonseca faz uns quatro anos. Até então só conhecia suas narrativas com protagonistas masculinos. Neste livro, o autor reúne uma série de 27 contos enxutos e diretos, cujo título é o nome das personagens principais de cada história. São textos carregados de vingança e crueldade. Mostra o lado mais obscuro do universo feminino, cheio de deformidades de caráter.

Ana Paula Maia é autora dos romances O habitante das falhas subterrâneas (2003) e De gados e homens.