Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 20h e aos sábados das 8h30 às 13h.

  • Consulta Acervo

BPP

13/10/2018

Flibi 2018 reúne mais de 60 convidados na Biblioteca

A Biblioteca Pública do Paraná realiza de 22 a 27 de outubro a segunda edição da Flibi, a Festa Literária da Biblioteca. O evento acontece durante a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca com palestras, bate-papos, oficinas, atividades para o público infantil, apresentações de música e teatro. São mais de 60 convidados. Este ano, o escritor homenageado é Jamil Snege (1939-2003), que estreou na literatura há 50 anos com o livro Tempo sujo (1968). O curador da Flibi é o escritor e jornalista Marcio Renato dos Santos. Toda programação, que pode ser conferida aqui, tem entrada franca.

A Flibi 2018 traz convidados para bate-papos e palestras a partir das 19h15, no auditório da Biblioteca, com a presença de intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras). No dia 22 de outubro, Mary Del Priore fala sobre a história do amor e da sexualidade no Brasil. Eduardo Bueno apresenta na quarta-feira, 24, a palestra inédita Paraná: dos primórdios à República de Curitiba. Na quinta-feira, 25, Edyr Augusto e Fernando Bonassi debatem os pontos de contato entre recriação da realidade e violência. E na sexta, 26, Mel Duarte é a convidada de mais uma edição do projeto Um Escritor na Biblioteca.

A Arena BPP, no hall térreo, recebe diversos encontros. Na segunda, 22, tem debate sobre autopublicação com Alessandro Andreola, João Varella e Bruno Zeni às 14h e, a partir das 16h, o coletivo artístico curitibano Selvática fala sobre o seu percurso. Giovana Madalosso e Adriana Sydor discutem a narrativa feminina na terça, 23, às 14h e, no mesmo dia e local, mas às 16h, Jotabê Medeiros, autor de Apenas um rapaz latino-americano, faz palestra sobre biografias e Belchior. Na quarta, 24, Marden Machado analisa as adaptações de obras literárias para o cinema às 15h e, às 16h, tem bate-papo sobre literatura de fantasia com Bárbara Morais, Enéias Tavares e Nikelen Witter. Debate sobre o futuro das bibliotecas e encontros com autores paranaenses, como Jandira Zanchi, Lucas Mota, Otavio Linhares e Priscila Prado, entre outras atrações, também acontecem durante a Flibi 2018 na Arena BPP.

            Foto: Daniel Snege
1
O escritor Jamil Snege (1939-2003), que estreou na literatura há cinquenta anos com a novela Tempo sujo (1968), é o homenageado da segunda edição da Festa Literária da Biblioteca (Flibi)

Jamil, música, cinema e muito mais
Um dos mais cultuados nomes da literatura paranaense contemporânea, Jamil Snege é o homenageado desta edição da Flibi. Rafael Camargo vai encenar no auditório, no dia 23, às 19h, Eu se errei — montagem elaborada a partir do legado snegiano. Kenni Rogers e poetas curitibanos realizam 10 leituras de fragmentos de prosa e poesia de Snege, de segunda (22) a sexta-feira (26), sempre às 10h30 e 15h30, em salas e espaços da BPP. Já o escritor Nelson de Oliveira faz palestra sobre a produção do escritor curitibano na segunda, 22, às 11h, na Arena BPP, no painel Memória literária — a vida e a obra de autores paranaenses (Helena Kolody, Wilson Bueno, Laura Santos e Paulo Leminski) também serão debatidos no mesmo espaço e horário durante a semana por outros convidados.

A Flibi reúne cinco atrações musicais que se destacaram, com público acima da média, durante o projeto Música na Biblioteca, criado em 2012 com a finalidade de colocar artistas de todos os estilos em contato direto com os frequentadores da BPP. Bruno Hrabovsky, Perla Flamenca, Dinamite Combo, Mano a Mano Trio e Janine Matias apresentam-se, respectivamente, nos dias 22, 23, 24, 25 e 26 de outubro, a partir das 17h, no hall térreo.

Já o encerramento da Festa Literária da Biblioteca fica por conta de uma apresentação pocket do Pequeno Cidadão, com Taciana Barros e Thadeu Meneghini, no dia 27 de outubro, a partir das 10h30, no hall térreo da BPP. Com duração de 50 minutos, o show terá a participação especial de oito integrantes do Cantateca, o Coral Infantojuvenil da Biblioteca, em quatro canções.

Outro destaque da Flibi 2018 é um curso de narrativas, dividido em dois módulos durante quatro dias, das 14h às 17h. Carola Saavedra coordena a turma nos dias 22 e 23 de outubro e, de 24 a 25, a oficina segue conduzida por outro escritor — que será anunciado nos próximos dias. Há 20 vagas disponíveis que serão abertas em breve a partir do site da Biblioteca.

Já Adriana Tabalipa ministra a oficina “Experimentação gráfica”, das 9h às 11 horas, na Seção Infantil da Biblioteca Pública do Paraná, de 22 a 26 de outubro. Diariamente, a artista vai oferecer ao público infantil um curso de desenho com começo, meio e fim — não é necessário fazer inscrição para participar. 

O diretor da BPP, Rogério Pereira, afirma que a Flibi resume em seis dias as atividades que a Biblioteca já realiza regularmente. “A Festa Literária é uma espécie de intensivo do que oferecemos ao público, contemplando diversas áreas e ampliando, ainda mais, o diálogo com a comunidade”, diz Pereira, lembrando que outras propostas, como projeção de filmes, também integram esta segunda edição da Flibi — toda a programação está disponível no site da Biblioteca.

O curador da Flibi, Marcio Renato dos Santos, diz que este ano foi possível aprimorar ainda mais a Festa Literária. “Ampliamos a programação, contemplando artistas, escritores, historiadores e jornalistas nacionais e paranaenses. Há diversas linguagens, de performance à música e teatro. Mas, evidentemente, a ficção e a poesia estão presentes neste evento que presta homenagem a um prosador e poeta, o Jamil Snege”, comenta Santos, que ainda acrescenta: “O ecletismo, inclusive presente no legado do Jamil, dá o tom desta edição da Flibi”.

Fonte: BPP

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.